Bandas Portuguesas de Folk e World Music

“Música Folk” é um conceito que, genericamente, se aplica a músicos e bandas de música popular ou folclórica que acrescentaram algo às raízes culturais que representam. Há quem diga que se trata de “folclore moderno”, ou quem combine o termo com outro estilo musical, como “folk rock”. O termo “folk” vem do inglês e está associado a “povo”, “nação” ou “comunid1179ade”, ou simplesmente a “pessoas”, encontrando-se estreitamente ligado ao alemão “volk” (que se pronuncia da mesma forma, “folk”) e que significa “povo”.

Curiosamente, o termo “folclore”, que se associa ao que é mais genuinamente português, vem ele mesmo, por via direta, do inglês “folklore”, de “folk” e “lore” (“conhecimento”). Neste sentido, a música folclórica “pura”, tal como é praticada e apresentada pelos ranchos folclóricos, não será classificada como “folk” por não ter este elemento de evolução ou combinação com outros estilos. Porém, como é sabido, a música, como a arte de modo geral, resiste às catalogações que se lhe queira atribuir.

A música “folk” portuguesa abrange, quanto à sua inspiração de origem, diversas tradições regionais, como a música do Alentejo, do Minho ou dos “povos do mar” (por exemplo, a Nazaré). Vejamos alguns exemplos de músicos e bandas “folk” portugueses:

  • Bailebúrdia
  • Kumpania Algazarra
  • Joana Amendoeira
  • 7 Saias
  • Dazkarieh
  • Galandum Galundaina
  • Tabémdêxa
  • Gaiteiros de Lisboa
  • Roldana Folk
  • Chuchurumel

World music

Este é um conceito ainda mais abstrato do que o anterior. Designa, genericamente, músicas tradicionais de cada país, quando apresentadas fora do seu contexto nacional ou cultural, e desde que não representem música “mainstream” (“rock” norte-americano, por exemplo). A expressão é utilizada não tanto para descrever um estilo, mas sim para designar uma forma de promover tradições musicais fora dos seus países de origem. Em Portugal, o melhor exemplo é o Festival de Músicas do Mundo, realizado anualmente em Sines, que pode trazer músicos da Tunísia, do Líbano, da Geórgia, da Ucrânia, do Mali, do Brasil ou da Estónia.

Leave a Reply